Ordo Fratrum Minorum Capuccinorum

Log in
updated 8:16 PM UTC, Sep 23, 2021

Encerramento do Ano Acadêmico

Encerramento do Ano Acadêmico
no Colégio São Lourenço de Bríndisi

Roma. Ao término de cada ano acadêmico, agradecemos e fazemos festa. Assim ocorreu este ano em nosso Colégio São Lourenço. Também este ano, como no ano passado, houve os problemas relacionados à pandemia, causando tantas dificuldades tanto nas relações entre os frades, quanto ao mundo afora para a atividade didática, sem esquecer as dificuldades para se deslocar de um país a outro, de uma nação a outra. Mas, por graça de Deus, todas estas dificuldades foram superadas e também o ano acadêmico de 2020-2021 chegou à sua feliz conclusão.

Em 19 de junho passado, o evento foi solenemente celebrado. Toda a comunidade do Colégio, estudantes, frades da família estável, funcionários da casa, encontraram-se para festejar: primeiro, na grande capela, e depois, no pátio em frente ao Colégio. Na Capela, aconteceu a solene concelebração presidida pelo Ministro Geral – Fr. Roberto Genuin. Ao término da celebração, o Reitor do Colégio, Fr. Andrzej Kiejza, assim sintetizou o trabalho ao longo do ano. “Iniciamos este ano acadêmico esperando que fosse melhor do que o anterior, mas fizemos experiências ainda mais difíceis. Entre novembro e dezembro, seguidamente, diversos de nossos irmãos adoeceram de Covid: portanto, a quarentena e o isolamento. Durante este ano, muitos de nós perderam pais, parentes e confrades das próprias Províncias. Tudo isso foi uma experiência muito difícil... Mas quando avaliamos tudo, também de um perspectiva tão breve, reconhecemos a tangível ajuda de Deus, a solidariedade e a assistência dos confrades, o vínculo de amizade com quem nos está próximo. Esta experiência nos permitiu sobreviver aos momentos mais difíceis. Por estes maiores dons da graça de Deus e da amizade humana, elevamos hoje um vivo agradecimento”.

O Reitor traça então um balanço do trabalho feito: “A nossa comunidade fraterna, apesar das dificuldades, tem vivido uma vida bastante normal, fundada em um ritmo cotidiano de oração, trabalho e repouso”.

Enfim, Fr. Andrzej passa aos agradecimentos. “Hoje queremos expressar um agradecimento particular aos nossos confrades que concluíram os estudos ou que estão prestes a concluir e que retornarão para casa ao final do ano acadêmico (são 28). Eis os sues nomes: Edward Alphonse, Índia; Ersumo Babore, Etiópia; Treejo Chakkalakkal Rappai, Índia; Charles Charo, Quênia; Naveen Dsouza, Índia; Jaya Sheelan Eldabonce, Índia; Arokia Britto John Bosco, Índia; Stephen Kabiito, Uganda; Suresh Kerketta, Índia; Muthaiah Kolli, Índia; Basley Felix Malenda, Tanzânia; Mariadi Johannes Philipus, Indonésia; Devendra Nayak, Índia; Prashanth Noronha, Índia; Tomas Ginga Panzo Suva, Angola; Ebin Pappachen, Índia; Botham Patil, Índia; Claudio Pattaro, Itália; John Britto Peter, Índia; Thomas Piolata, Estados Unidos; Denis Tadbe, Chade; Márcio Tessaro, Brasil; Michael Chege Thinguri, Quênia; Jinto Thomas, Índia; Pietros Welde, Eritreia; Almas Yousaf, Paquistão.

Após ter se dirigido aos estudantes, amplia o horizonte de suas saudações e de seus agradecimentos, endereçados primeiramente ao Ministro Geral, Fr. Roberto Genuin, “pela sua presença entre nós... e pelo apoio e interesse que demonstra para com o Colégio”. Com ele, agradece também o Vigário Geral, Fr. José Ángel Torres Rivera, todos os Conselheiros Gerais e os confrades da Cúria Geral.

Além disso, agradece os convidados e confrades das demais comunidades dependentes do Ministro Geral.

Um agradecimento particular é dirigido aos frades da família estável do Colégio, aos confrades do Instituto Histórico e a todos os professores que assistem continuamente os estudantes em seu trabalho intelectual. E são agradecidos os irmãos leigos da família estável pelo seu serviço paciente e silencioso. Uma saudação particularmente sentida a Fr. Marcelo Gasparin, que retorna à sua Província do Rio Grande do Sul, Brasil, após seis anos de intenso serviço.

O Reitor dirige um agradecimento aos frades estudantes “por terem criado uma comunidade de oração e trabalho”, e aos funcionários pelo seu precioso serviço.

Enfim, o agradecimento aos seus colaboradores: ao Vice-Reitor, Fr. Bona Marcel Rodrigues, ao Animador espiritual da comunidade e Conselheiro Geral Fr. Kilian Ngitir, e a Fr. Maximino Tessaro, Ecônomo do Colégio. “Seu trabalho – conclui – e a dedicação com que o desempenham, é algo que não pode ser medido adequadamente. Obrigado”.

Concluída a concelebração e feitos os agradecimentos, a festa prossegue no pátio em frente ao Colégio, para degustar juntos um jantar “étnico” animado por músicas e danças.

Galeria de fotos

 

Última modificação em Terça, 20 Julho 2021 22:31